A ideia e conceito do que faz um homem “perfeito” fisicamente difere em todo o mundo.

Recentemente, a objetificação dos corpos masculinos tem sido similar ao modo que, por séculos, as mulheres estão submetidas.

O corpo feminino “ideal” é um misto de contradições. Deve ser atlético, mas ainda macio, delicado, mas ainda curvilíneo, fino (leia-se a obsessão do espaço entre as coxas), mas ainda sim com seios fartos.. E, mais importante, para quem sustenta esse sistema padronizador, é preciso parecer que tudo isso é muito natural.

E quando diz-se corpo “impossível”, é literalmente mesmo. Ter o corpo “perfeito” não é se constrói apenas na academia ou de acordo com aquilo que come, é bem mais remoto: no útero.

Isso porque a genética e a estrutura óssea ditam muito mais do que pode ser alcançado por meio de exercícios físicos. O corpo ectomorfo não vai ter os braços e o peito de um Brad Pitt. Se você não tem a combinação certa de genes, você pode se exercitar o quanto quiser, passar fome o máximo que puder e ainda não vai conseguir esses abdominais perfeitos.

Fique em forma, claro. Seja saudável, sempre. Mas estar em forma e saudável – assim como a beleza – não é algo único e padronizado. Cada pessoa tem seu tempo e maneira de ser.

Pensando nisso, reunimos vários padrões de beleza impostos ao homens em diferentes países e culturas:

AUSTRÁLIA

As inseguranças físicas dos homens na Austrália concentram-se em seu tamanho físico e na força muscular, enquanto tentam permanecer com o aspecto magro. Pesquisas recentes sugerem que os irmãos Hemsworth são vistos como as celebridades masculinas australianas mais atraentes de todas.

COREIA DO SUL

Corpos musculosos sob medida e, até mesmo, magros com feições suaves são populares nesse país. Sem contar que muitos homens optam por usar maquiagem. Cirurgia plástica nos olhos e nariz também é algo que está se tornando muito popular.

BRASIL

Créditos da imagem aqui.

Apesar de ser um país de maioria parda e negra, o homem brasileiro tido tipicamente como ‘bonito’ tem cada vez mais ‘características germânicas’ com pele bronzeada. E a cirurgia plástica está se tornando a norma para os homens aqui também.

ÁFRICA DO SUL

Créditos da imagem aqui.

Outro exemplo discrepante: a população na África do Sul é de 79,6% de africanos negros e apenas 8,9% de brancos, mas 77% dos modelos que aparecem na mídia da África do Sul são brancos. Os ideais do corpo ocidental estão se tornando a ‘norma’ em termos de padrões de beleza masculina neste país.

EUA

Créditos da imagem aqui.

Estudos mostram que os homens americanos sentem a pressão da mídia para ter o corpo musculoso “perfeito”. Popular nos dias de hoje nos Estados é o aspecto ‘lumbersexual’ para os homens: barbudo, musculoso e, preferencialmente, branco.

ITÁLIA

Créditos da imagem aqui.

Os homens italiano usam roupas sob medida, muito elegantes e adoram cores vivas. A percepção da atratividade masculina ideal envolve ser um pouco indiferente.

MÉXICO

Créditos da imagem aqui.

Estudos descobriram que os homens mexicanos valorizam uma atitude mais machista, e os homens neste país figuram em segundo lugar no mundo por serem os mais vaidosos.

TURQUIA

Créditos da imagem aqui.

Padrões tradicionais de beleza para homens turcos envolvem a remoção regular de pelos no corpo para parecer um homem romântico no cinema.

ÍNDIA

Créditos da imagem aqui.

A maior quantidade de produtos para a pele masculina é consumida na Índia, incluindo cremes clareadores de pele.

REINO UNIDO

Créditos da imagem aqui.

David Beckham é o ápice de como o homem britânico “perfeito” é percebido. Um em cada cinco homens britânicos têm tatuagens, pelos faciais bem feitos e se exercitam regularmente.

FILIPINAS

Créditos da imagem aqui.

Influenciado pela cultura espanhola e americana, o ideal filipino é o de homem metrossexual.

NIGÉRIA

Créditos da imagem aqui.

Muitos jovens nigerianos idolatram estrelas da música masculina, como D’Banj, e homens de 20 e poucos anos veem sua masculinidade como “culturalmente superior” à feminilidade.

Então,  o que você acha sobre esses padrões de beleza? Conta para a gente nos comentários.